CIDADES NEGRAS

Mais informações
Autor:
Juliana Barreto Farias (veja mais livros deste autor)
Editora:
ALAMEDA CASA EDITORIAL(veja mais livros desta editora)

De: R$ 35,00 Por: R$ 31,50 Em 1x de: R$ 31,50

Comprar
Situação: SEM ESTOQUE. Sob encomenda, sujeito a confirmação de disponibilidade no fornecedor.
Consulte aqui o valor do frete e prazo de entrega do produto
Opção de parcelamento via cartão de crédito
  • 1x de R$ 31,50 (0% de desconto)
Avalie:

Ao contrário dos cenários típicos das plantations, grandes plantéis, agroexportação e feitores, parte da história da escravidão atlântica foi vivenciada em paisagens urbanas ou semi-urbanas. Milhares de escravos, africanos e crioulos, misturaram-se com marinheiros, negociantes, caixeiros e viajantes e outros setores do mundo do trabalho e da cultura transatlânticos. O Brasil escravista desenha-se desde o século XVI. A partir de 1570, os engenhos de açúcar começam a dividir espaços entre a mão-de-obra indígena e a africana. Desse período até meados do século XIX, o Brasil receberia entre 38% a 43% de todos os africanos traficados para as Américas. Calcula-se esse total de africanos em aproximadamente dez milhões. Trabalharam aqui fundamentalmente nas zonas rurais, no café, açúcar, algodão, fumo e também na pecuária e na extração de ouro e diamantes. Produziram inúmeras instituições em torno da família, culinária, música e cultura material de um modo geral. Como protesto, também formaram

Código de barras:
9788598325347
Dimensões:
21.00cm x 14.00cm x 1.00cm
Edição:
1
Marca:
ALAMEDA CASA EDITORIAL
ISBN:
8598325341
ISBN13:
9788598325347
Peso:
160 gramas
Ano de publicação:
2006